Após 12h de suspensão, Santa Casa tem melhora na superlotação e volta a receber novos pacientes

Após 12h de suspensão, Santa Casa tem melhora na superlotação e volta a receber novos pacientes

Após passar 12 horas sem receber novos pacientes - das 19h de quinta até às 7h desta sexta-feira (9), a Santa Casa de Campo Grande apresentou melhora na superlotação. Entretanto, ainda pela manhã, será feita uma avaliação que poderá resultar em nova suspensão.

No período, setores estratégicos do hospital que estavam em situação crítica tiveram leve melhora. Por exemplo, ontem, havia 5 pacientes improvisados em salas interditadas do centro cirúrgico aguardando vaga em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O número caiu para 3 na manhã desta sexta-feira.

Na ventilação manual, havia 4 pacientes e mais 2 que iriam chegar ao hospital na quinta-feira, agora o hospital tem apenas 1 nessa situação. Na área vermelha do pronto-socorro havia 18 pacientes e o número passou para 15.

Sem novos pacientes

Às 19h de quinta-feira, o hospital encaminhou ofício às autoridades informando que não iria receber novos pacientes por 12 horas, pois estava com lotação excedida  e corria risco de desassistência a pacientes.

No documento, a diretoria apontava em números a superlotação da unidade.

"Vale destacar que a Santa Casa de Campo Grande tem assumido o seu compromisso de prestar a assistência adequada aos pacientes, mas o cenário que vivemos hoje torna-se um risco iminente de desassistência, sob responsabilidade do médico regulador que encaminha os pacientes ao hospital", diz nota emitida pela associação.

O hospital destacou que todas as autoridades envolvidas e que são necessárias foram avisadas da decisão de atendimento apenas aos casos essenciais de referência exclusiva e emergência que seriam mantidas.